segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Na hora certa

    Olá gente, tudo bem? 
    Para mim está tudo bem. Reencontrei um sentimento que havia perdido há 20 anos. Na Copa do Mundo de 94, nossa cadelinha "Batata" morreu com Parvovirose e com ela se 
foi também  o meu sentimento de amor pelo mundo canino.

Desde então, sempre olhei para o cão com o respeito 

merecido,mas não havia despertado em mim a vontade 

de ter um cachorro novamente. 

Nada como a maturidade,  época em que você percebe

 de uma forma mais detalhada o que realmente tem 

valor. Meus tesouros são minha família, meu companheiro,

 meus amigos,minha saúde,minhas raízes. 

Nesse contexto  percebi que estava 

faltando algo. Foi  aí que pensei  com muito carinho 

em um cachorro.

    Apresento-lhes o  "Crux". Um Pastorzinho da Mantiqueira porreta que tem enchido meus dias de alegria.



     O nome  dado a ele é também o nome  da constelação Cruzeiro do Sul. Mas neste caso a inspiração partiu de outro mundo, o da escalada.  Não sou especialista no assunto,mas conversando com um rapaz muito entendido no assunto,(Luís Flávio Vieira) soube que é   o ponto mais alto de uma rocha. É o nível desejado por todos os escaladores. 
    Enfim, ainda não estou sabendo lhe dar com as mordidinhas de dentinhos de uma criaturinha de 45 dias. Só sei que chegar em casa e ver uma carinha dessas tem sido bem bacana.
    Ele vai crescer, se tornar o vigia da casa e o mais importante, um companheirão verdadeiro.
Alguém tem cachorro? Compartilhe em meu blog as fotos. Fico no aguardo. Abração.